May 20, 2012

Loca


O kitsch é algo recorrente na vida de todo mundo... BZZZ!... Ei, vc... vc mesmo, chatoooo! Básico, monótono, que nem pode e nem sabe se justificar “minimalista”, e acha q tudo é um exagero, uma falta de função, te digo: melhor ser brega do que ser o sono. Sim, esse texto é kitsch, kitsch, kitsch, mas não é fêi, é bunito!

Mas enfim, como eu ía falando, o -kitsch- é algo presente na vida de todos, mesmo q a maioria nem saiba o q é isso. Homens e mulheres: todos temos um momento kitsch, maxi, maximalista, o amor é kitsch, o sexo tb!... Eu só vim entender o kitsch na faculdade (e reza a lenda q minha turma demorou semanas pra entender, não foi só eu), e oh: ele existe há séculos, ou vcs não sabem q o barroco e alguns outros “ismos”... bla bla bla?... O KItsCH, a princípio, assusta. Assusta pq não é o bom gosto q criou ou pq ninguém quer ser aquele q vai ser apontado como ridículo. Mas ridículo é quem não pára pra pensar nunca, não enxerga cultura por traz dessa grande disfunção. O kitsch não se explica, se mostra, assopra cor, abafa a chatice e samba a cara da sociedade com muita irreverência! 

Aqui (mega)BEL incorpora tudo q é mais de moda e absurdo e dá vida a este personagem que bebe do gueto, vem das periferias e mostra que ryca é causar no underground, subir pro maistream e fazer da favela o verdadeiro novo glamour. Rihannas e Beyoncés, Gabys e Joelmas, Xirleys e Xaienes, vamos lá, faz VRÁ e se chama de LOCA!

M.

Maria Izabel in LOCA, photographed by Mathws.
.



Kitsch is something applicant in everyone's life... BZZZ!... Hey, you... Over there, you boriiiing! Basic, monotonous, you that even don’t know or can’t justify "minimalist" yourself and think it is too much, no function, I say: better to be tacky than to be dull. Yes, this text is kitsch, kitsch, kitsch, but it is not ugly, it’s biutiful.

Anyway, as I was saying, -kitsch-- is something in everyone's life, even if most do not know what it is. Men and women: we all have a kitsch moment, maxi, maximalist, love is kitsch, sex too! ... I just came to understand kitsch in college (and rumous says my class took so long to understand it, wasn’t alone), and note: it has existed for centuries, or don'tcha know that Baroque and some other "isms"... bla bla bla?... KiTSch, at first, scares. Scares cause is not created by good taste or cause nobody wants to be appointed as ridiculous. But the true is that ridiculous is those who never stop to think and cannot see culture behind this great dysfunction. Kitsch cannot be explained, it just turns out, breathes color, stifles boring and farts on the face of society with irreverence!

Here (mega)BEL incorporates everything that is fashionable and absurd and gives life to this character who drinks from the ghetto, comes from the suburbs and shows that richness is to cause in underground, climb to maistream and make slums the new glamour! Rihannas and Beyoncés, Gabys and Joelmas, Xirleys and Xaienes, come on and call yourselves LOCA!

M.