March 30, 2011

Amigos, Fidelidade E Credibilidade



Ana Rita, @mathws, @sabrinabzr and @thas_dias photographed by @mathws in Mossoró - RN.  March 28th, 2011.

Eu tinha que finalizar este ciclo do blog com algo muito especial. E de um estalo eu decidi que tinha que ser uma homenagem aos que me apoiaram e fizeram da minha House um lugar muito grande e especial. E como isso seria? Juntando aqueles que participaram de editoriais exclusivos da HOUSE durante esses últimos 365 dias, em outras palavras, juntando as minhas musas e os meus musos. Mas a distância de uns e a falta de interesse de outros fez com que isso não pudesse acontecer, pois ao todo são dez, mais eu. Mesmo assim, a vontade de cumprir tal idéia era maior do que me deixar levar por qualquer coisa sem importância.

Na foto, da esquerda para direita e tudo lindo, temos minha Ana Rita, meu eu, minha Sabrina e meu Thassio numa tarde que estava pra ser uma perdida, mas que virou uma maravilhosa tarde de papo inteligente com quem importa. A quem não tava e era pra estar, eu agradeço mesmo assim, claro! Agradeço a quem está longe, a minha Insa, na Alemanha, ao meu Bruno Neri e minha Nayana, ambos em Natal, ao meu Beto Siqueira, em São Paulo. A minha Isadora, que tá doida fazendo a pesquisa final da faculdade (como eu) e ao meu Jota. E, mesmo estando pertinho e não podendo estar, agradeço a minha amiga de sangue e sempre musa forever, minha Herbênia, que me ama, que eu amo e me aguenta o tempo inteiro e em tudo que faço.

Agradeço aos meus muitos grandes amigos que me apoiaram e sempre me cobraram aqui se fazer presente (e continuem cobrando). Eu peço desculpas e só digo que temos muito tempo. Ó, mais importante do que estar presente aqui, é estar presente no meu coração e vocês estão. Agradeço a minha mãe, que só podia ser ela assim para ter (e aguentar) o filho que tem, que é a mais bela de tudo, que pouco apareceu porque eu não gosto de expor o meu bem mais precioso (Sim, eu sou egoísta). Agradeço também ao meu maior primo e a minha maior irmã. 

Eu sou feliz. Feliz porque eu tenho amigos, amigos fiéis. Amigos que não emprestam a beleza para mais nenhuma outra lente, amigos que me apóiam nas mais loucas invenções, amigos que são lindos por fora e muito mais por dentro. Eu sou feliz porque eu faço o que gosto e estudo. Feliz porque sou reconhecido pelo o que me proponho a fazer, feliz por ser o humano estranho que sou. Feliz por causar aquela invejinha por ser bastante feliz, #prontofalei!

Eu só estou começando uma carreira e me prometo que chegarei lá onde eu quero. Esse só foi o primeiro ciclo da House Of Mathws, mas calma, jajá eu volto. Com tudo novo por aqui e muito mais impossível.

Eu siacho e quero que siachem porque é bom ser siachado!
Auf Wiedersehen!


I had to end this first year of my blog with something special. Out of the blue I decided it had to be a tribute to those who supported me and made my House a very big and special blog. How it could be? Joining those who attended in exclusive editorials in my HOUSEs during these last 365 days, in other words, putting together in the same photo all my muses. But the distance of some and the few interest of others let it impossible to happen. It was supposed to be in ten, plus me. Still, the desire to do such thing was bigger than any other reason.

In the picture, from left to right, my Ana Rita, my me, my Sabrina and my Thassio in the afternoon was supposed to be lost, but turned into a wonderful moment with whom matters. Anyway who was not there and was meant to be, I thank, of course! I thank those who are far away, like my cousin Insa, in Germany, my Bruno Neri and my Nayana, both in Natal, my Beto Siqueira, in São Paulo. Also thanks to my Isadora, who's crazy about doing the final research of college (like me) and my Jota. And even being close but not in the picture, I thank to my friend and always muse, my Herbênia, who loves me, who I love and who stands me all the time in everything I do.

Thanks to many great friends who always supported me and always asked to be here. I apologize for that and I just say that you will have time to appear here and more important than that, is to be in the deep of my heart. Thanks to my mother, because only her could have (and face) the son she has. She is the most beautiful of all but rarely appeared, because I do not like to expose her (Yes, I am selfish). Thanks also to my biggest cousin and to my biggest sister.

I am happy. Happy because I have friends, faithful friends. Friends that do not lend their beauty to any other lenses, friends that support me even in the craziest ideas, friends who are beautiful on the outside and even more inside. I'm happy because I do what I like and what I search. Happy because I get recognized for what I propose to do, happy to be the odd humam I am. Happy to bring that envy because I am quite happy. So!?

I'm just beginning a career and I promise me I'll be there one day. This was only the first cycle of the HOUSE OF MATHWS but as soon as possible I'll be back with new creations and even more impossible.

I'm glad and I want you all glad, because is good to be glad!
Auf Wiedersehen!

M.

PS: E este jamais seria a 365, porque seria muito óbvio. Eu não gosto de ser óbvio.
PS: Of course that could never be the 365, it would be pretty obvious. I do not like to be obvious.