March 31, 2011

Pela Estrada A Fora...



Art for the ad of a party in Hamburg, next May. The forest near my house in Germany.

No post anterior eu afirmei e confirmei a minha felicidade. Hoje, sendo humano, preciso lembrar da minha sombra , como disse a Gaga, para saber que estou sob luz. Se eu fico triste? Fico. É raro o meu mau humor e ficar down, mas fico. O que me deixa triste? A impossibilidade de não conseguir o que eu quero, a descrença ao meu trabalho, a falta de respeito das pessoas com a vida. Eu não acho que deva existir inferno, porque tanta coisa ruim acontece, que pior do que isso não pode haver. E hoje não é pior, a maldade sempre existiu, só que de formas diferentes. E se existe inferno aqui, também existe céu. Não sejamos idiotas. TEM MUITA COISA BOA ACONTECENDO POR AÍ E POR AQUI. Existe gente pela vida, gente boa. Existe natureza, existe bons políticos, bons negócios e dinheiro limpo. Existe lealdade, amizade, respeito, honestidade, criatividade, arte... Existe AMOR, e muito. No fundo do poço sempre há a tal da mola.

O meu caminho. Sim, eu tenho um longo. E minha cretinice não vai deixar eu morrer por enquanto, não enquanto eu não fizer o que eu quero. Termino a minha faculdade, vou pro mestrado, e o dos meus sonhos é caro, mas mesmo assim, sendo amanhã, depois ou daqui a cem anos, eu vou. Londres me espera, eu sinto isso. E mais objetivos irei de criar, porque felicidade é percorrer, não chegar. Quando a gente chega só o que existe é um abismo e a espera. Se ligaê, crie!

Volto logo. O meu caminho é gigante. Primeira tarefa, CUMPRIDA!

In the previous post I stated and confirmed my happiness. Today, like human, I must remember my shadowas Gaga said, to know I am enlightened. If I feel sad? Yes, I do. It is rare to see my bad mood and me getting down, but I do. What makes me sad? The impossibility of not getting what I want, the disbelief in my work, the disrespect of people to life. I think there is no hell, because so many bad things happens, worse than this could not exist. And the situation nowadays is not worse, the evil has always existed, it was just practiced in different ways. But if there is hell here, there is also heaven. Let's not be stupid. THERE ARE MANY GOOD THINGS GOING ON AROUND THERE AND HERE. There is people for life, good people. There is nature, there are good politicians, there is good business and clean money. There is loyalty, friendship, kindness, honesty, creativity, art... There is LOVE, pretty much. There is always light even in the deepest darkness

My way. Yes, I have a long one. And my naughtiness will not let me die for now, not until I do what I want. Once concluding my college, I will have to work about my Masters. The one of my dreams is expensive, but even tomorrow, after or in hundred years, I will do it. London waits me, I know that. And I will create more goals, because happiness is all about running, not arriving. When we arrive, there will be just an abyss and waiting. So wake up, start to create! 

I'll be right back here. My way is huge. First task, DONE!

M.

March 30, 2011

Amigos, Fidelidade E Credibilidade



Ana Rita, @mathws, @sabrinabzr and @thas_dias photographed by @mathws in Mossoró - RN.  March 28th, 2011.

Eu tinha que finalizar este ciclo do blog com algo muito especial. E de um estalo eu decidi que tinha que ser uma homenagem aos que me apoiaram e fizeram da minha House um lugar muito grande e especial. E como isso seria? Juntando aqueles que participaram de editoriais exclusivos da HOUSE durante esses últimos 365 dias, em outras palavras, juntando as minhas musas e os meus musos. Mas a distância de uns e a falta de interesse de outros fez com que isso não pudesse acontecer, pois ao todo são dez, mais eu. Mesmo assim, a vontade de cumprir tal idéia era maior do que me deixar levar por qualquer coisa sem importância.

Na foto, da esquerda para direita e tudo lindo, temos minha Ana Rita, meu eu, minha Sabrina e meu Thassio numa tarde que estava pra ser uma perdida, mas que virou uma maravilhosa tarde de papo inteligente com quem importa. A quem não tava e era pra estar, eu agradeço mesmo assim, claro! Agradeço a quem está longe, a minha Insa, na Alemanha, ao meu Bruno Neri e minha Nayana, ambos em Natal, ao meu Beto Siqueira, em São Paulo. A minha Isadora, que tá doida fazendo a pesquisa final da faculdade (como eu) e ao meu Jota. E, mesmo estando pertinho e não podendo estar, agradeço a minha amiga de sangue e sempre musa forever, minha Herbênia, que me ama, que eu amo e me aguenta o tempo inteiro e em tudo que faço.

Agradeço aos meus muitos grandes amigos que me apoiaram e sempre me cobraram aqui se fazer presente (e continuem cobrando). Eu peço desculpas e só digo que temos muito tempo. Ó, mais importante do que estar presente aqui, é estar presente no meu coração e vocês estão. Agradeço a minha mãe, que só podia ser ela assim para ter (e aguentar) o filho que tem, que é a mais bela de tudo, que pouco apareceu porque eu não gosto de expor o meu bem mais precioso (Sim, eu sou egoísta). Agradeço também ao meu maior primo e a minha maior irmã. 

Eu sou feliz. Feliz porque eu tenho amigos, amigos fiéis. Amigos que não emprestam a beleza para mais nenhuma outra lente, amigos que me apóiam nas mais loucas invenções, amigos que são lindos por fora e muito mais por dentro. Eu sou feliz porque eu faço o que gosto e estudo. Feliz porque sou reconhecido pelo o que me proponho a fazer, feliz por ser o humano estranho que sou. Feliz por causar aquela invejinha por ser bastante feliz, #prontofalei!

Eu só estou começando uma carreira e me prometo que chegarei lá onde eu quero. Esse só foi o primeiro ciclo da House Of Mathws, mas calma, jajá eu volto. Com tudo novo por aqui e muito mais impossível.

Eu siacho e quero que siachem porque é bom ser siachado!
Auf Wiedersehen!


I had to end this first year of my blog with something special. Out of the blue I decided it had to be a tribute to those who supported me and made my House a very big and special blog. How it could be? Joining those who attended in exclusive editorials in my HOUSEs during these last 365 days, in other words, putting together in the same photo all my muses. But the distance of some and the few interest of others let it impossible to happen. It was supposed to be in ten, plus me. Still, the desire to do such thing was bigger than any other reason.

In the picture, from left to right, my Ana Rita, my me, my Sabrina and my Thassio in the afternoon was supposed to be lost, but turned into a wonderful moment with whom matters. Anyway who was not there and was meant to be, I thank, of course! I thank those who are far away, like my cousin Insa, in Germany, my Bruno Neri and my Nayana, both in Natal, my Beto Siqueira, in São Paulo. Also thanks to my Isadora, who's crazy about doing the final research of college (like me) and my Jota. And even being close but not in the picture, I thank to my friend and always muse, my Herbênia, who loves me, who I love and who stands me all the time in everything I do.

Thanks to many great friends who always supported me and always asked to be here. I apologize for that and I just say that you will have time to appear here and more important than that, is to be in the deep of my heart. Thanks to my mother, because only her could have (and face) the son she has. She is the most beautiful of all but rarely appeared, because I do not like to expose her (Yes, I am selfish). Thanks also to my biggest cousin and to my biggest sister.

I am happy. Happy because I have friends, faithful friends. Friends that do not lend their beauty to any other lenses, friends that support me even in the craziest ideas, friends who are beautiful on the outside and even more inside. I'm happy because I do what I like and what I search. Happy because I get recognized for what I propose to do, happy to be the odd humam I am. Happy to bring that envy because I am quite happy. So!?

I'm just beginning a career and I promise me I'll be there one day. This was only the first cycle of the HOUSE OF MATHWS but as soon as possible I'll be back with new creations and even more impossible.

I'm glad and I want you all glad, because is good to be glad!
Auf Wiedersehen!

M.

PS: E este jamais seria a 365, porque seria muito óbvio. Eu não gosto de ser óbvio.
PS: Of course that could never be the 365, it would be pretty obvious. I do not like to be obvious.

March 28, 2011

Look Book, three




Mais alguns livros e revistas do meu acervo. Comecei, enfim, minha pesquisa final da faculdade e alguns dos livros aí já foram esmiuçados. Adoro livros e revistas, meu quarto não cabe mais! Sempre no assunto do qual estudo e trabalho: imagem e moda.

Some more books and mags from my collection. I finally began my final research of college so some of these are already totally explored. I love books and mags, they no longer fit in my bedroom! They are always in the subject I study: image and fashion.

M.

March 27, 2011

My Fashion Week Capsule, Fashion Photographer



At V.Rom backstage at SPFW FW 2011. São Paulo. Fev, 2011.

March 26, 2011

March 25, 2011

La Mademoiselle, Cinquième


Ana Rita Saker photographed by @mathws. About this editorial, see the post n. 355 | Sobre esse editorial, ver post n.355.

March 24, 2011

La Mademoiselle, Quatrième


Ana Rita Saker photographed by @mathws. About this editorial, see the post n.355. | Sobre este editorial, ver post n.355.

March 23, 2011

La Mademoiselle, Troisième


Ana Rita Saker photographed by @mathws. About this editorial see the post n.355. | Sobre este editorial, ver post n.355.

March 22, 2011

La Mademoiselle, Deuxième


Ana Rita Saker photographed by @mathws. About this editorial see the post n. 355. | Sobre esse editorial, veja o post n.355.

March 21, 2011

La Mademoiselle, Première



Ana Rita Saker photographed by @mathws

Durante esse último ano (já estou quase completando o meu objetivo de 365 imagens), eu mostrei a mulher de várias formas. Suas várias faces em "Fantastisch", sua versão menina em "Quando João e Maria", sendo andrógina em "Antonni", ou sendo boneca de luxo em "X.O.X.O. It's Glamour". Agora te apresento simplesmente A Dama: forte, simples, chique, sexy, mulher. Apresentando, por um dos melhores exemplares da espécie, Ana Rita.

During these past 12 months (I am almost completing my goal of 365 images), I've been showing the many sides of woman. Her many faces in "Fantastisch", her country girl version in "Quando João e Maria", being androgynous in "Antonni", or being a doll deluxe in "X.O.X.O. It's Glamour". Now I present, The Lady: strong, simple, chic, sexy, woman. Introducing, one of the best of the species, Ana Rita.

M.

March 20, 2011

March 19, 2011

Avec Mon Visage À Paris



Volontaires, Paris.

As ruelinhas de Paris é uma das várias coisas que fazem dessa cidade única neste mundo. No final desta rua fica o albergue onde fiquei hospedado. Só gente linda, só figura. E a gente dormia com o spot de luz giratório da torre pela janela. Saudades.

The little street of this city, is one of the things that made this it unique place in this world. At the end of this street  is the hostel where I stayed. Just beautiful and nice people. We could sleep under the Eiffel's light coming through the window. I miss Paris.

M.

March 18, 2011

March 17, 2011

A House At The Beach, eighteen



@thas_dias Davi Moura @sabrinabr and @herbenia photographed by @mathws

March 16, 2011

Preguicinha



Lola showing off to me. Haha!

March 15, 2011

March 14, 2011

My Fashion Week Capsule, Black Is Beautiful



André Lima's fashion show at São Paulo Fashion Week FW 2011. SP, Fev 2011.

March 13, 2011

Fuck Yeah, Lustre



A pub in Eppendorf, Hamburg, Germany.

March 12, 2011

Fuck Yeah, Coroas No Louvre



Musee du Louvre, Paris. July, 2009.

March 11, 2011

Matias Aires



Where Matias Aires street meets the Augusta street in São Paulo.

Daí você acha uma rua que é quase seu nome... E sobrenome. Isso não pode passar despercebido. Na foto, o cruzamento da Matias Aires com a Augusta em São Paulo. Ah! E meu nome é Matheus Aires. Haha!

Then you find a street whose has almost the name of yours... And has also your last name. That must be noticed, of course. On this picture, where the Matias Aires street meets the Augusta Street in São Paulo. Ah! And my name is Matheus Aires, rsrs!

M.

March 10, 2011

My Fashion Week Capsule, Strike A Pose



 Lino Vilaventura's backstage at SPFW fw2011. São Paulo, Feb 2011.

March 09, 2011

Fuck Yeah, Ruelinha



An alley in Ouro Preto, MG. Brazil. April 2010.

March 08, 2011

Carnaval



@MarilenePaiva photographed by @Mathws at Dix-Huit Rosado Theater.


É carnaval e o meu país para. Só aqui pra sentir o que realmente é isso. Nunca fui muito fã de carnaval, mas esse ano a coisa vai ser diferente. Muita diversão para todos. Música, dança, beleza, shows, sexo e arte para todos! E respeite os limites, principalmente quando se começa o do outro.


It's carnival and my whole country stops to party. You have to be here to feel it indeed. I've never been a big fan of carnival, but this year, it's gonna be diferent. Have fun you people! Music, dance, beauty, concerts, sex and art for everyone! And remember to respect your limits and the others'.


M.

March 07, 2011

March 06, 2011

March 05, 2011

Impacto



@NayanaGurgel photographed by @mathws

March 04, 2011

Osgêmeos



Illustration made by Osgêmeos in a building at Vale do Anhangabaú in São Paulo.

Do WIKIPEDIA em portuguêsOsGêmeos é uma dupla de irmãos gêmeos idênticos grafiteiros de São Paulo, nascidos em 1974, cujos nomes reais são Otávio e Gustavo Pandolfo. Formados em desenho de comunicação pela Escola Técnica Estadual Carlos da Campos, começaram a pintar grafites em 1987 no bairro em que cresceram, o Cambuci, e gradualmente tornaram-se uma das influências mais importantes na cena paulistana, ajudando a definir um estilo brasileiro de grafite. Os trabalhos da dupla estão presentes em diferentes cidades dos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Grécia, Cuba, entre outros países. Os temas vão de retratos de família à crítica social e política; o estilo formou-se tanto pelo hip hop tradicional como pela pichação.

From WIKIPEDIA in englishOsGêmeos (Portuguese for The Twins) are graffiti artist identical twin brothers (born 1974) from São Paulo, Brazil, whose real names are Otavio and Gustavo Pandolfo. They started painting graffiti in 1987 and gradually became a main influence in the local scene, helping to define Brazil's own style. Their work often features yellow-skinned characters - taken from the yellow tinge both of the twins have in their dreams - but is otherwise diverse and ranges from tags to complicated murals. Subjects range from family portraits to commentary on São Paulo's social and political circumstances, as well as Brazilian folklore. Their graffiti style was influenced by both traditional hip hop style and the Brazilian pixação movement.

March 03, 2011

Portraits



Pinapoteca de São Paulo. Agosto 2010.

March 02, 2011

A House At The Beach, seventeen



@herbenia @sabrinabzr and @thas_dias photographed by @mathws

March 01, 2011

My Fashion Week Capsule, Streetstyle Feelings



Yvan Rodic and a girl at SPFW photographed by Mathws.

Quem tá por dentro da blogosfera e da moda, sabe bem que é este rapaz.
Who knows the fashion and streetstyle blogosphere, knows who that guy is.

M.